Inscrições abertas para o prêmio Josué de Castro

Josué de CastroO Conselho de Segurança Alimentar do Estado de São Paulo (Consea/SP) está com inscrições abertas até o dia 15 de agosto para o Prêmio Josué de Castro de Combate à Fome e à Desnutrição. O prêmio pretende incentivar pesquisas e programas para promover a alimentação saudável e segurança alimentar e nutricional.

Podem participar da premiação, universidades e instituições de pesquisa, públicas ou privadas, além de órgãos públicos municipais ou estaduais do estado São Paulo.

Não há limite para número de inscrições por instituição, que poderão ser feitas através do endereço: http://www.consea.sp.gov.br/josue-de-castro-2017/

Através do link é possível acessar o edital e ficha para o preenchimento dos candidatos.

Confira como foi a entrega do prêmio em 2016: http://www.redesans.com.br/premio-josue-de-castro-e-entregue-em-sao-paulo/

O Prêmio Josué de Castro contemplará duas categorias de iniciativa:

1) melhor pesquisa científica;

2) melhor programa ou projeto de política pública.

A divulgação dos resultados e premiação ocorrerão em outubro. Os resultados serão divulgados no dia 06 e a premiação será realizada no dia 16. Todos os concorrentes receberão certificado de participação. O primeiro colocado receberá uma “Salva de Prata”, o segundo e o terceiro Menções Honrosas.

Para conhecer o regulamento, acesse: http://www.consea.sp.gov.br/josue-de-castro-2017

Josué de Castro

Médico e Sociólogo, Josué de Castro, estudou e detalhou as causas da fome no Brasil, tornando-se um dos principais cientistas das questões nutricionais e sociais do país. Ele foi autor de diversos livros, entre eles “Geografia da Fome”, de 1965, que pontua causas históricas da desnutrição que afeta a população brasileira. Para Josué, os principais motivos da fome no país não eram decorrentes de fenômenos naturais, mas pela ineficiência de políticas econômicas e sócias.

Por: Solon Neto

Esta entrada foi postada em Brasil e Mundo, Notícias, Noticias Recentes e marcou . Indicador do link permanente.

Comentários estão fechados.